Selecionamos 6 dicas para você cuidar direitinho do seu pequeno durante os dias frios

Nós não estamos muito preparados para o inverno.  Colocamos muita roupa e nem por isso fica quentinho. No inverno o clima fica seco e as doenças respiratórias são mais comuns, afetando principalmente os recém-nascidos. O bebê, especialmente nos seis primeiros meses, sofre muito com as alterações de temperatura e com o nariz constantemente obstruído. Por isso vale lembrar que você só encontrará roupas dessa época no início ou no meio do inverno.  Nem pense em comprar no final da estação, pois as lojas já terão trocado a coleção e você terá dificuldades de encontrar sequer um cachecol.

Por isso, é importante ficar atento a todos os detalhes como roupas, banho e saídas nesse período para garantir que seu filho fique bem quentinho nos dias frios.

1) A roupa ideal
A melhor opção é vestir o bebê em camadas. Você pode colocar um body por baixo, uma calça e um macacão por cima. Opte por aquelas de algodão, pois a lã pode dar alergia e ressecar a pele, e o náilon não é adequado para baixas temperaturas. Como os bebês perdem muito calor nas extremidades, mãos, pés e couro cabelo ficam mais gelados. Portanto, ao sair, coloque luvas na criança e também meias e gorros. Existem ainda alguns modelos de macacões que vêm com um acabamento no punho que permite dobrá-lo por cima da mãozinha, funcionando como uma espécie de luva.

2) Atenção a temperatura do corpo
É importante sempre ficar de olho na temperatura da criança, que deve estar entre 36,5 e 37,2 graus. Se o bebê começar a transpirar ou se mostrar irritado sem motivo, por exemplo, pode ser que esteja com calor. Nesses casos, retire uma camada das roupas.

3) Na hora do banho
Antes de começar o banho, deixe o chuveiro ligado para vaporizar o ambiente e evitar o choque térmico entre a água e a pele do bebê. Isto traz uma sensação mais agradável para a criança. O melhor horário é entre às 15h e 16h, com a água em torno de 37ºC.

4) Preste atenção nas saídas
O ideal é evitar lugares aglomerados pelo menos até os dois primeiros meses, quando o recém-nascido toma a vacina Pentavalente (contra difteria, tétano, coqueluche, infecções causadas por Haemophilus influenzae tipo b e hepatite B). Passeios antes das 10h e depois das 17h não são bons, pois nesses períodos do dia as temperaturas estão mais baixas, com mais vento. Evite, também, sair com a criança após dar banho nela.

5) Carrinho de bebê
Os carrinhos disponíveis no mercado são, em geral, bem adaptáveis às baixas temperaturas. Escolha um que tenha protetor para chuva e frio ou compre um protetor individual que se adapte ao modelo que você já tem. Só cuidado para não sufocar a criança. Os protetores devem sempre ter aberturas nas laterais para a circulação do ar.

6) O berço
Na hora de dormir, vista seu filho em camadas. Primeiro coloque o body, depois o pagão e por cima um pijama bem quentinho no bebê. Os macacões de flanela são ótimas opções. Para evitar sufocação, não cubra seu filho com cobertor, manta ou edredom. Se estiver muito frio, você pode recorrer aos sacos de dormir. Eles são uma espécie de saco mesmo com a parte de cima parecendo uma regata e têm um zíper na frente para fechar, o que facilita a troca da fralda durante a noite.

CONFIRA NOSSAS REDES SOCIAIS

Instagram – www.instagram.com/EnxovaisFofinho
Twitter – www.twitter.com/EnxovaisFofinho
Pinterest – http://br.pinterest.com/enxovaisfofinho
Youtube – http://bit.ly/fofinho-youtube

Assessoria Digital / Programação Visual: Itta Digital Marketing
Redação: Douglas Comito

Deixe um comentario